loader

Nota de falecimento

21 set, 2021

A agricultura brasileira perdeu um dos seus maiores nomes nesta sexta-feira, 29. Faleceu o produtor rural Herbert Bartz, de 83 anos, morador de Rolândia, no Paraná, pioneiro e percursor do plantio direto na palha, no Brasil. Bertz nasceu em Rio do Sul, estado de Santa Catarina, no dia 14 de fevereiro de 1937, mas logo em seguida se mudou para a Alemanha. Enfrentou a fome, frio e solidão da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), sobreviveu a bombardeios em sua cidade Dresden. Em 1960, ele decide retornar ao Brasil e começa a trabalhar com o plantio de milho e arroz na cidade de Rolândia. Com os anos, ele percebeu que as chuvas irregulares após longo período de estiagem, carregavam as sementes e provocava erosão. Em 1972, Bertz importa uma máquina semeadora não agressiva e adota o método que passaria a ser conhecido como Plantio Direto, que é ausência ou mínimo de revolvimento do solo, manutenção do resto da cultura anterior. Ele obteve resultados positivos na produção da soja, uma vez que o Plantio Direto conserva o solo, deixando-o menos suscetível a erosão e protegendo a semente da chuva. O sistema de Plantio Direto impulsionou e continua sendo o caminho da sustentabilidade da agricultura brasileira. E a história do Sistema Plantio tem Hebert Bartz como ator principal. Bartz deixa a esposa Luíza, o filho Johann e a filha Marie Bartz.
banner image
image close